O novo Velho

Sentado em seu lugar preferido de toda a casa, o sol batendo-lhe as costas, via sua sombra ao chão e lembrava-se de como costumava ficar sentado ali quando era criança fazendo sombras no tapete com as mãos.

– O que eu tenho?

– Saúde meu querido. Muita, graças a Deus.

– De que adianta saúde se meus problemas me fazem perde-la

– Que problemas? Você mal fez vinte anos, é jovem, bonito e inteligente

– Mais um discurso que todos os familiares fazem vovô

– Não sou só mais um familiar rapazinho – riu virando a cabeça de lado -, sou seu avô

– Eu sei – olhou pra ele rapidamente, também sorrindo e abaixou a cabeça.

– Ora, então pare de reclamar!

– Não estou reclamando, estou dizendo a verdade! Tenho meus problemas, embora eles lhe pareçam simples, afinal você já deve ter vivido de tudo nessa vida.

– Não me chame de velho – fez uma careta

– Você não é velho, eu é que sou! Enquanto eu aqui reclamo da vida você me diz o quão boa ela pode ser.

– Você esta em sua idade teatral, tudo são os extremos! Drama ou comédia. Mas não deve ser tudo assim, a vida é feita de meios-termos!

– Estou então “meio triste”.  Ainda me sobra assim um “meio-feliz”!

– Sabes que sou bem mais velho que você, claro que sabe, acabou de jogar isso na minha cara, mas de qualquer maneira, posso lhe dizer que vivi mesmo muita coisa. Esta casa pode contar tantas histórias, festas, aniversárias… O dia que seu irmão caiu naquela piscina, meu deus! Achei que sua mãe ia morrer do coração.

– Onde estava meu pai neste dia?

– Seu pai? Aquele títere? Com a família é que não estava…

– Não fale assim dele vovô

– Falo assim com conhecimento de causa, ele é um imbecil e pronto, não se fala mais dele aqui, voltemos aos seus – gesticulou as aspas com as mãos – “problemas”.

– Então, o que eu tenho?

– Tu tens a mim, e enquanto tiveres a mim tens quem olhe por ti.

– Andou lendo Eça de Queiros, vovô?

– E você andou lendo Harry Potter?

– E você sabe o que é isso?

– Sei de tudo, sou velho! E sei que a garota que você tanto quer será tua! E se não for é por que não era para ser, de qualquer maneira, és bonito! Virão outras.. Muitas outras…

– É, por enquanto você me distrai com as suas histórias de juventude… “Se ainda te lembrares” – riu enquanto falava com ar pomposo

– Não são histórias, são lembranças! As lembranças de nossa juventude é que tornam a velhice suportável e não me chames de velho, prefiro que me vejas como um Sr vivido.

– Ok… Conta alguma coisa aí que hoje ainda não falou quase nada…

Fazia tempo que Eduardo não se sentava àquela poltrona e revivia essas memórias…

Agora era ele quem era chamado de velho pelos filhos.

– O tempo passa… E como passa… – pensou olhando sua sombra ao chão.

Pollon, Diego

Anúncios

6 Comentários

Arquivado em Conto

6 Respostas para “O novo Velho

  1. legal, mas sei la fechou meio q faltando algo!!!

  2. Realmente, um grande aprendizado nessa bela história de vida, de memórias e, principlamente, em se encontrar de fato um motivo para ser feliz…

    Às vezes ficamos nós com nossos “problemas” – assim mesmo, entre aspas, e nos esquecemos de usufruir este belíssimo dom que é viver.

    Parabéns pela sensibilidade acurada, Diego!

    Pê Sousa

  3. Nicky

    É, dear. Você, como sempre, desliga a minha crítica literária e a minha professora de português internas e me faz viajar na história.

    Texto é isso: sentimento.

    Once again, just for the record,
    you’re the best!

  4. Maldito tempo que passa! Pois para não ser maldito, deveria passar mais lentamente… ou nem passar. Ok, somos nós que passamos pelo tempo. Maaaaaaaaaaaaaas, por que não vivemos uns 500 anos?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s